Eleição de 2012 pode ter consultas sobre maconha, gays e aborto

Leiam a matéria: http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2011-12-11_2011-12-17.html#2011_12-14_11_02_13-9961110-0

Me lembro do Sr. Pr. Silas Malafaia formando opinião contra a Marina Silva na última eleição, dizendo que os eleitores evangélicos não deveriam votar nela porque ela era a favor de aborto, etc… E enfatizou que a Sra. Dilma era contra, que firmou um “acordo” com a bancada evangélica que não assinaria nada que permitisse…. mas olha aí um plebiscito às portas do povão.

Também me lembro de várias entrevistas da Marina, onde ela mesma dizia que “pessoalmente por questões de credo, ela não era a favor, mas quem decide é a população”.

Bem, essa bancada evangélica deve lembrar que vivemos em um regime de democracia, onde a vontade do povo em um plebiscito é superior ao do presidente. Se o plebiscito acontecer e o povo disser sim ao aborto e outras questões, acredito eu  – que não sou jurista – que o governo deve acatar a decisão.

Criar na época uma opinião contrária à Marina Silva foi, ao meu ver, uma grande falta de sabedoria e orientação espiritual. Ao invés de tentar dar rumo às escolhas da população, é preciso sim, levar o evangelho de amor e salvação que Cristo deixou. Esse é o “ide” de todos os que se dizem cristãos.

E só dessa forma é que o povo viverá o “conhecereis a verdade e ela vos libertará”.

E agora Sr. Pr. Silas Malafaia, a Dilma vai lembrar da cartinha assinada?

Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Eleição de 2012 pode ter consultas sobre maconha, gays e aborto

  1. AIRTON BARROS disse:

    Sinceramente,
    O homem movido pelas paixões do mundo, confunde democracia com a falsa liberdade e em seguida confundea falsa liberdade com libertinagem, vivemos num falsa democracia onde a ética e a moral está há cada dia descendo pelo ralo. Sr. Quicoli, qual é mais coerente, pregar a verdade a um monte de gays em plena imundice ou pregar a verdade a um monte de gays ainda com a vontade retida por força da lei? quem tem mais chance de se livrar da vontade pecaminosa? a primeira ou a segunda condição? pare com estas opiniões incorente.
    Airton

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s