Firebird Developers Day – Minhas conclusões

Neste último sábado participei, juntamente com a equipe aqui da empresa, do evento Firebird Developers Day. Para quem ainda não ouviu falar, o Firebird é um banco de dados relacional free, de ótima qualidade. Neste link vocês podem obter maiores informações e até mesmo uma tabela comparativa em relação a alguns outros SGBD pagos.

Das palestras que participei, vou postar aqui o que me chamou a atenção…

Palestra: Firebird no dia a dia, entendendo sua base de dados – Alexandre B. Smith

Cheguei atrasado na palestra, puder acompanhar apenas o final. Mas pelo pouco que vi, foi ótima. Várias dicas de como escrever o SQL de forma que auxilie a engine do firebird. E uma dica legal sobre utilizar a clausula EXISTS em combinação a outras para evitar o uso do COUNT apenas qdo se deseja saber se um determina registro existe ou não.

Palestra: Firebird Classic para ambientes de alta concorrência e/ou disponibilidade – Eduardo Jed.

Show de bola! Realmente a grande maioria dos desenvolvedores que utilizam o Firebird utilizam a versão SuperServer. Nesta palestra foram esclarecidas, pelo menos as minhas, todas as dúvidas sobre a versão Classic. Uma verdadeira aula sobre alguns itens do firebird.conf foi dada e até mesmo algumas dicas de como melhorar a performance do SuperServer em máquinas DualCore. A dica é que convém configurar o SuperServer para utilizar o segundo núcleo do processador. Ainda sobre o firebird.conf muito foi explicado, eu anotei o que pude…. mas aguardem o link para o download das palestras… não vão se arrepender.

Palestra: Otimizando o hardware e performance das transações – Dmitri Kouzmenko

Muito interessante. O Dmitri apresentou pontos que eu ainda não havia pensado. Como qual RAID é melhor, e o que levar em consideração ao adiquirir um RAID. Mostrou tbém as situações que podem deixar o banco de dados lento, não por causa do Firebird, mas por causa de hardware. Coisas como manter o banco de dados na mesma partição do sistema, ou no mesmo HD do sistema, prejudicam o desempenho. Ele apresentou algumas ferramentas que sua empresa desenvolveu para gerenciar um servidor Firebird em tempo real.

Palestra: Performance constr. aplic. Delphi, dbExpress e Firebird 2 – Bruno Lichot

Boa. Acredito que esqueceram de adicionar a palavra "multicamadas" no título da palestra. Ela foi exclusivamente voltada para o desenvolvimento muito camadas, que hoje não é uma realidade no mercado onde a empresa em que trabalho atua. Mas pude tirar algumas coisas que se aplicam para o meu mundo, como por exemplo: eu não sabia que em uma clásula where onde existem duas condições comparadas por AND,  mesmo a primeira resultando em FALSE, a segunda vai ser executada. Isso pra mim é falha, porque se a primeira condição de um AND é falsa, a condição inteira já deveria ser ignorada. Bem, acho que vão otimizar isso em alguma versão no futuro… Uma explicação pratica do BUFFERS foi dada, que gostei. O Bruno disponibilizou uma aplicação de demonstração, aplicação distribuida. Muito interessante, quem quizer baixar, pegue aqui.

Palestra: Levando o FB para o ambiente corporativa – Nikolay Samofatov

Foi uma palestra interessantíssima. O Nikolay mostrou o que grande corporações, entenda-se Bancos e órgãos governamentais, esperam de um banco de dados free. Preocupações com o futuro da distribuição, suporte e homologações estão entre os itens requeridos. A empresa do Nikolay, a Red Software, visando esse mercado construiu uma distribuição do Firebird que atenda aos requisitos desse mercado. O mais interessante é que parece que lá na Rússia está acontecendo uma grande adoção ao Firebird e foi apresentada uma aplicação de dataware house e ERP que um estado da Rússia está utilizando com o Firebird. Além disso ele comentou que a fundação Firebird também está em processo de homologação junto a IBM para que seja certificado o uso do Firebird em máquinas de grande porte.

Palestra: Detectando corrupção e estimando perda de de dados – Dmitri Kouzamenko

Legal. Todos já estavam cansados após a maratona de palestras… mesmo assim ficamos ligados. O Dmitri apresentou os erros de corrupção mais comuns, suas causas, suas consequências e como solucionar, quando possível, os problemas. Mostrou algumas opções do comando GFix, porém deixou bastante claro que a ferramenta que eles desenvolveram, a FBFirstAid, deve estar sempre a mão, por mostrar os erros de forma mais clara e por corrigi-los mais do que o GFix.

Conclusão

Ótimos palestrantes, assuntos mais do que adequados, ótimo local e organização, sem falar de um coffe break delicioso (ái aquele bolo de cenoura…. ). Quem não pode ir, perdeu. E quem não conhece o Firebird também está perdendo. 

Em breve vou postar aqui as fotos do evento.

Esse post foi publicado em Firebird. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s